sábado, 29 de janeiro de 2011

DEPOIMENTO DE UMA OVELHA SINCERA

De: “Sandra Lima”

Para: carloscarnavalli@yahoo.com.br

Enviada em: quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 hs14:27

Muitas coisas vi e aprendi nos últimos acontecimentos e me alegro muito de fazer parte disso, me emociono quando penso, mas emoção passa e o que fica é o amor! Domingo, o Espírito Santo me sacudiu através das suas palavras, e, então, vi que fiz muito pouco durante este tempo de dor. Ouvi da minha filha: “ O Senhor teve que levantar o povo do Rio de Janeiro porque nós, passamos o domingo em casa.” Mas ainda assim preciso testemunhar.

Quando fomos entregar “quentinhas” em Areal, o carro perdeu o freio e fomos parar no acostamento, porque o “ Vida” puxou o freio de mão e vi no rosto dele o desespero! Ali dentro do carro clamei: “ Senhor, nós precisamos chegar lá nem que seja de carrinho de mão! Não permita que o inimigo de Deus e nosso nos perturbe, em nome de Jesus!

Ele ligou o carro novamente, pois achou que tivesse acabado o óleo de freio, conferiu o recipiente e estava tudo certo. Chegamos lá em Areal normalmente como se nada houvesse acontecido. As pessoas vinham atrás do carro por identificarem o adesivo da Igreja Batista de Corrêas dizendo É ajuda...! É ajuda...! E vinham atrás do carro sem nem mesmo saber o que era... O Pastor local com os olhos cheios de lágrimas, dizia: “ são os Irmãos de Corrêas! Graças a Deus! Porque o meu celular não para de tocar! ” Quando tentei dizer alguma palavra diante daquela cena que nem parecia real ele disse: “ Irmãos, eu estou cansado! “ não consegui dizer nada! Orei ao Senhor para que renovasse as forças daqueles servos!

No dia seguinte, li um trecho da Bíblia: ( MC 15:41 ). Vi Marlenes, Hildas, Veras, Rosângelas, Marias... Servindo a Jesus... Quanto amor! Ontem, minha filha cheio de alegria veio me contar que quando entregou uma cesta um homem lhe disse “vocês tem muito amor! Podemos ver isso! “ Escrevo isso, Pastor Carnavalli, porque talvez nos acontecimentos do dia a dia, nos atropelos inevitáveis de tanto trabalho, pela falta de tempo, para te encorajar e dizer-te do orgulho que temos de tê-lo como nosso Pastor, Líder e Amigo. Que o Espírito Santo de Deus, continue de ti instrumento para “acordar” a outros como fez comigo! Estamos contigo! Tenho certeza que este sentimento é de toda a Igreja! Mas só posso assinar por mim... Um abraço desta ovelha que te ama em Cristo! Sandra (do Vida).

Um comentário:

Vania disse...

Sandra, adorei seu depoimento. De uma forma e/ou de outra Deus tem conseguido falar em nossos corações. O inimigo usa o dia a dia e nos absorve completamente. É preciso catástrofes acontecerem para acordarmos. É um prazer, uma honra, uma alegria..., apesar de ser tão triste, fazer parte da vida dessas pessoas nesse momento. Pensamos que já sabemos muito e, no entanto, lá com eles percebemos que não sabemos é nada. Fico encantada de ainda encontrar alegria, fé, determinação e esperança em quem não teria motivo pra isso. E ao mesmo tempo, me sinto insignificante, pequena demais por alimentar sentimentos que não me deixam perceber o verdadeiro tamanho do PODER de DEUS. Bjs. Gosto muitíssimo de você. Vania.